sábado, 19 de fevereiro de 2011

Mulher de Lua


Frente ao espelho
Conto em meu rosto 

marcas do tempo
Vejo em meus olhos 

tantos medos
Em cada nova linha 

milhões de segredos
Certeza em meu peito 

que ainda vivo menina descrente
Imagem de mulher madura
Moldada e pintada 

que o peito desmente
Espelho cruel,
Mostra as marcas, 

medos e segredos
Sinto-me nua e impura
Mulher de lua
Frieza de lua
Fases de lua...
Olhos de ônix, pele de lua
Beleza fria,
Sem as cores daquela menina
Que se esconde dentro da lua.
Espelho incapaz...
A beleza que a menina tráz
Você não pode refletir!




Anna Carvalho







0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t