terça-feira, 24 de maio de 2011

(re) Nascer...




Quero reescrever a história, renascer p'ra essa vida,
chegar de novo sem pensar na hora da partida...
Tenho pressa para reviver, pressa de estar;
não parti e já tenho desejo de voltar, (re) nascer é belo!

Quem dera nascer noutro corpo, noutro tempo,
reviver o encanto da descoberta, recriar, reciclar...
Desse bolo da vida quero mais um pedaço;
quero repetir, empanturrar até o corpo saciar,
minha fome de conhecer, desejo de ser e estar...

O tempo que corre na ampulheta da vida não pára,
existem vidas por chegar, vidas a partir, vidas e mais vidas...
E se por graça do destino, o Dono da Vida assim permitir; 
quero renascer nesse mundo, viver noutro tempo,
e no seio da Terra ser aprendiz; desse mistério que é existir!

Anna Carvalho




2 comentários:

José Manuel Brazão disse...

UM BONITO POEMA DE QUEM DESEJA SER MELHOR HOJE DO QUE FOI ONTEM.

BEIJO GRANDE

Mulheres Obssessivas disse...

Simplesmente amei esse poema. è tudo o quê desejamos; viver mais dessa vida. Beijos. LIndo blog.

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t