quarta-feira, 11 de maio de 2011

Vieste na hora exata






Vieste em mim com teu melhor beijo,
e cativaste meus lábios em desejo

Vieste para mim com teu melhor afago,
e conquistaste em meu corpo a meiguice

Vieste em mim com a doçura de palavras,
e cativaste meus ouvidos para ouvir-te

Vieste para mim como a lua em noite vazia,
e conquistaste teu espaço no céu dentro de mim

Vieste em mim com a pureza de teu amor,
e cativaste em meu peito o verdadeiro sentimento

Vieste como chuva serôdia e saraste a terra seca,
e fizeste renascer a Mulher dentro de mim.

Vieste em hora exata como luz do Sol em novo dia...
e conquistaste dentro de mim o eterno amanhecer.

Anna Carvalho




2 comentários:

Amapola disse...

Bom dia, Ana.

Lindo!!

O momento certo é cheio de magia.

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

José Manuel Brazão disse...

Anna querida

Para ti será vieste e para mim também será vieste nessa hora exacta!

Um poema encantador que me comoveu logo na primeira leitura fora deste site!

Viemos e ficámos para sempre até Deus permitir. Assim seja!

Naturalmente que
é meu favorito.

Beijo grande

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t