sexta-feira, 3 de junho de 2011

Minha poesia



''Minhas letras irão até onde as asas de meu coração conseguirem voar...
O destino de minha poesia é o ninho que cada ser abriga em silêncio no mistério infinito de cada peito...''

Anna Carvalho



1 comentários:

José Manuel Brazão disse...

Anna querida

A tua Poesia será sempre minha também!

Beijo grande
com Amor

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t