sábado, 2 de julho de 2011

Fuga da Realidade


Saio, fujo de mim, abandono os medos!
Se bem que nunca temi os recomeços...
Tenho apenas receio de estacionar a vida no meio,
por isso permito-me enlouquecer quando preciso,
emudecer sê necessário, 
às vezes dizer o que penso e acho...

Gosto de enfrentar bem perto os acasos,
tenho pressa de ser, nunca de estar.
Aprender é preciso, errar é humano
aceitar a vida é um exercício diário,
paciência vem com o tempo;  é um dom necessário...

Saio do mundo e volto p'ra dentro de mim quando preciso de ar;
a rotina, o relógio, essa adultoscência não me deixa respirar.
Então me permito viver alguns momentos anônimos,
e neles sou tudo aquilo que não posso ser o tempo inteiro:
Livre para sonhar! 

Anna Carvalho


9 comentários:

José Manuel Brazão disse...

Anna querida

Uma reflexão de vida tão necessária a cada um de nós!

Muito bem expressa.

Beijo grande

Jairo Ramos toffanetto disse...

viver e Viver
sentir e Sentir

Ana,
Adorei o seu blog

Jairo Ramos Toffanetto

Cristina disse...

Isso sim é ter liberdade..ser livre para sonhar!
Adorei seu cantinho
Obrigada pela visita no Destino
Bjsss

Artes e escritas disse...

Um post irônica nesse neologismo adultoscência. Um abraço, Yayá.

Anna Carvalho disse...

Querida Yayá,

faço muitas vezes uso de palavras inexistentes, creio que o poeta tem a liberdade de criar neologismos quando julga necessário, até enriquece muitas vezes o poema.
Beijo e uma boa semana,
Anna.
:a

*Simone Poesias* disse...

Simplesmente lindo teu poema! :n
Bjinhos Anna :f

*Simone Poesias* disse...

Oi Anna, fico lisonjeada pela homenagem e muito agradecida. Claro que aceito!
Bjinhos e obrigada pelo carinho :q

Catia Bosso disse...

Anna, meu lirio branco!!!

Que bela poesia.

Saio do mundo e volto p'ra dentro de mim quando preciso de ar;
a rotina, o relógio, essa adultoscência não me deixa respirar.
Então me permito viver alguns momentos anônimos,


Isso tudo me encanta por ser um exercicio constante na vida dos apaixonados e tu retratou tao bem.

bjsss meusss

AO Brazao tbm...

LUZ disse...

Oi Querida Anna,

Saimos da nossa alma para arejar, para esquecer. Depois, irremediavelmente, voltamos.

Beijos carinhosos da Luz.
Apareça. Tenho surpresa!

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t