sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Olhar Felino




Pura sede vi refletido em teu olhar,
despia-me sem ao menos os dedos tocar.
tive medo de provar,
o desejo que lhe tremia os lábios,
de teu coração acelerava o compasso,
ouvia-te distante, sequer aproximei um passo.

Hesitei pelo deserto de teus olhos caminhar,
evitei por anos inteiros teu caminho cruzar.
Como se sempre soubesse quão tentador seria 
ver-me diante desse teu faminto olhar.
Mas a tua fantasia no subconsciente está,
contaminando perigosamente os instintos, 
provocando cada um dos meus sentidos...

Teu desejo como súplica ouvida pelo destino,
cruzou nossas vidas em verdadeiro desalinho.
Ai de minha carne tão fraca, aos teus olhos não mais resisto!
Quero ser presa fácil aos teus instintos felinos,
toma-me em teus braços com toda essa fome do cio,
sim, eu insisto!
Sacia-te nesses lábios que os teus há muito cobiçam!

Anna Carvalho

1 comentários:

José Manuel Brazão disse...

Os olhos transmitem muito do que vai na alma mesmo num amor em silêncio!

Lindo como sempre o que escreves!
Beijooo do ZÉ

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t